CERPM inicia campanha contra o governo em apoio à valorização dos policiais militares

0
2.397 visitas

A Coordenadoria das Entidades Representativas dos Policiais Militares (CERPM) deu início à campanha de críticas ao governo de Geraldo Alckmin, que anunciou reajuste de somente 4% aos policiais militares no dia 04/01/2018, mesmo após quatro anos a categoria ficar sem nenhum percentual a mais em seu salário.

No dia 12 de janeiro de 2018, foi publicada no jornal Metrô News a primeira divulgação da Coordenadoria cobrando o reconhecimento aos nossos heróis de farda. Anteriormente, no dia 08/01/2018 (quatro dias após o anúncio do reajuste por Alckmin), a CERPM já havia divulgado uma nota de repúdio ao reajuste no mesmo jornal.

Toda a categoria está indignada e descontente com o anúncio. Esperávamos mais consideração por parte do governo pelo excelente trabalho que as polícias estão realizando, mesmo sem reajuste há quatro anos“, desabafa o presidente da CERPM, Cabo Wilson Morais, também presidente da Associação dos Cabos e Soldados (ACS).

A campanha de críticas se estenderá, a princípio, até o final de janeiro, antes da votação do projeto pelos deputados na Assembleia Legislativa, prevista para o dia 1º de fevereiro de 2018.

Veja abaixo a publicação do dia 12/01/2018, no jornal Metrô News.